Pixabay
Pixabay

Mais de 40% dos consumidores vão antecipar as compras de Natal na Black Friday

Média de intenção de gastos para as compras de Natal é de R$ 564 e, no geral, clientes pretendem gastar R$ 1.334

Érika Motoda, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2019 | 18h32

Mais de 40% dos consumidores vão antecipar as compras de Natal para adquirir produtos com desconto na Black Friday, segundo projeções da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). São 42% dos entrevistados, ante os 37% registrados no mesmo período de 2018. 

“Por estar próxima do Natal, a Black Friday tem puxados as compras no últimos anos. A gente pode estar trocando de sazonalidade porque, no Natal, os preços são cheios”, avaliou o presidente da SBVC, Eduardo Terra. 

A pesquisa entrevistou 402 consumidores para quantificar aspectos relacionados aos hábitos e intenções de compra durante o já tradicional evento do e-commerce, que, neste ano, acontece no dia 29 de novembro.

A média de intenção de gastos para as compras de Natal é de R$ 564. No ano passado, o valor era de R$ 471.

No geral, a intenção de gastos também aumentou. Neste ano, a projeção média de gastos é de R$ 1.334, quase R$ 50 a mais que em 2018 (R$ 1.283).

Questionado se o aumento não seria tímido, considerando que os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) estão sendo liberados para saque, Terra discorda, pois, segundo a pesquisa, além do aumento do tíquete há o crescimento do porcentual de pessoas dispostas a gastar: se, em 2018, 68% dos entrevistados estavam dispostos a gastar mais que na edição anterior, hoje o porcentual subiu para 89%.  

Para ele, a combinação do cenário macroeconômico - com uma retomada mais forte do consumo refletida pela confiança na economia, com a recuperação do emprego e o patamar histórico de juros baixos  - com a data em si explica o ânimo dos consumidores.

Espera

A empresa de análise de dados do comércio online Ebit/Nielsen também realizou uma pesquisa de intenção de compras para a Black Friday. Das 4,1 mil pessoas entrevistadas no mês de setembro, 89% afirmaram que deixaram de comprar um produto para aproveitar esse período de promoção. 

Dessas, metade chegou a esperar um período igual ou superior a três meses; 19% esperaram dois meses; e 16% um mês. 

Para Entender

Black Friday 2019: tudo o que você precisa saber

Confira dicas e curiosidades sobre a maior campanha de vendas promocionais no comércio online e varejo físico do Brasil, que este ano ocorre no dia 29 de novembro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.