Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mais de 60% dos consumidores não aumentará gastos na Copa

Indo ao encontro do anunciado na última quinta-feira pela Fundação Getúlio Vargas, pesquisa da Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio-SP) anunciada nesta sexta-feira mostrou que o consumidor paulista no não tem intenção de elevar os seus gastos no período do Copa do Mundo de Futebol. Enquanto o apurado anteriormente apontou que 25% não pretendiam gastar a mais no período, contra 11% que admitiam a possibilidade de novas aquisições, o levantamento desta sexta mostrou que 64% dos entrevistados não comprarão produtos por causa da data. Dos 35% que afirmaram a possibilidade de ampliar os gastos no período, 72% preferem fazê-lo a vista, a modo de evitar dívidas. Apenas 25% afirmaram a possibilidade de parcelar os débitos. Os produtos mais em vista pelos consumidores são camisas da seleção brasileira, como resposta principal de 59% dos entrevistados; seguido por aparelhos de televisão, com 19%, e bebidas, com 14%. Segundo a pesquisa, embora os homens sejam os mais estimulados às compras desses artigos de modo geral - 37% contra 33% do público feminino -, quando o item é a camisa da seleção, elas são as mais Interessadas: 65% contra 54%. Ainda, segundo a Fecomercio-SP, 58% dos entrevistados não acreditam que a vitória da seleção no campeonato trará mais otimismo em relação ao quadro econômico e político do País. Outros 77% afirmaram que não farão compras extras nem mesmo se o Brasil vencer a Copa. Em relação à oferta de produtos, a Fecomercio lembra que a expansão do crédito em 2005 possibilitou o aumento das vendas de bens duráveis naquele ano, o que justifica a modesta procura pelos televisores às vésperas da Copa. Números parciais do Índice de Confiança do Consumidor (ICC), apurados no período da sondagem, também apontaram retração na intenção de compra deste tipo de bem.A pesquisa, por fim, indica que 58% dos consumidores não acreditam que o Brasil levará a taça do campeonato.

Agencia Estado,

26 de maio de 2006 | 10h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.