‘Mais setores estarão representados nos festivais’

‘Mais setores estarão representados nos festivais’

Executivo brasileiro vê chance de expansão ainda maior do alcance dos eventos com a marca Cannes Lions

Entrevista com

José Papa Neto, diretor geral da Lions Festivals

O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2016 | 05h00

O executivo brasileiro José Papa Neto vai assumir, no dia 1.º de setembro, o comando da Lions Festivals, divisão do grupo Ascential que realiza o Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade, evento que tem o Estado como representante oficial no País. Em entrevista por e-mail, ele falou à reportagem sobre os desafios do novo cargo e a intenção de expandir ainda mais o alcance do evento.

Estado: O festival Cannes Lions cresceu muito nos últimos anos. É possível expandi-lo mais?

José Papa Neto: Sem dúvida. O melhor exemplo disso é o recente bem sucedido lançamento dos festivais Lions Health, Innovation e Entertainment. Só nessas três frentes há muito espaço para crescimento. O sucesso obtido com eles veio nestes últimos três anos. Hoje, diversos setores da economia abraçam o conceito criativo como crítico da geração de valor para os negócios. Isso nos dá a certeza de que mais e mais setores estarão representados em nossos festivais. 

A visão de que a visão de comunicação e criatividade deve ser mais abrangente? Essa é uma das fortalezas do festival?

A maior fortaleza. Um dos fatores que mais nos orgulham é nossa capacidade de reinvenção. Esperamos responder a todo e qualquer movimento criativo e inovador global, exatamente pela dramática transformação vivida no mundo da comunicação. Ter nossa mensagem calçada na importância da criatividade sempre foi e sempre será nosso desafio. 

Há chance para expandir a marca Lions para além de Cannes? Fazer com que a marca organize mais festivais regionais?

Sem dúvida. Toda e qualquer iniciativa que permita maior penetração de nossa marca será cuidadosamente avaliada. Não podemos calçar nossa proposta de valor em criatividade se nós mesmos não estivermos constantemente pensando criativamente em alternativas para expandir nossa mensagem. 

Ainda há espaço para mais inovações dentro da Lions Festivals? 

Certamente. Nós vivemos, com o advento da internet, a mais drástica transformação comportamental dos últimos séculos. Setores foram integralmente redefinidos e nossos festivais mantiveram-se como os catalisadores de muitas destas transformações. Incorporamos nos últimos anos, no debate e nas premiações, essa revolução tecnológica. Ad tech, dados, enfim, tudo que acabou por redefinir as comunicações e o pensamento criativo. Independente, porém, dos mais inovadores formatos de negócio e tecnologias que surgiram jamais nos distanciamos de nosso core, o estímulo à inovação e a criatividade. Isso é atemporal e sempre relevante. Estaremos sempre na vanguarda e respondendo à altura das mudanças.

Tudo o que sabemos sobre:
Marketing

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.