Mais uma empresa aérea do Norte é suspensa

Depois de suspender as operações das empresas aéreas Rico e Tavaj em junho, agora o Departamento de Aviação Civil (DAC) está impedindo a Meta Linhas Aéreas de voar durante 30 dias. As três companhias atuam no Norte do Brasil. Todos os aviões estão sendo inspecionados e os pilotos passarão por treinamento.A Meta distribuiu uma nota oficial insinuando que a medida pode favorecer companhias do Sul do País, interessadas em ocupar o espaço das regionais que atuam no Norte. Na nota, ela informa que tomou conhecimento que existe uma companhia aérea com base no Rio de Janeiro (ela não cita o nome) pronta para assumir as linhas no Amazonas. Há 14 anos operando na região, a Meta Linhas aéreas nunca deixou de operar por tanto tempo. A assessoria da Aeronáutica informou apenas que se a Meta foi obrigada a interromper as atividades por tanto tempo é porque o DAC detectou alguma irregularidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.