Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Mala direta vende jato de US$ 2 milhões

A maioria das pessoas já se aventurou a comprar cosméticos, livros e CDs por mala direta, mas o que dizer de um avião de US$ 2,2 milhões? Pois foi exatamente uma propaganda enviada pelo correio que convenceu um empresário paulista a encomendar seu primeiro jatinho. E o mais surpreendente é que o felizardo faz parte de uma lista de 30 potenciais compradores de uma aeronave que só vai chegar ao Brasil daqui a quatro anos. O Citation Mustang, da Cessna, é um dos primeiros produtos da geração de minijatos que vem revolucionando o mercado mundial de aviação executiva. Nos EUA, já foram reservados mais de 400 jatos do modelo, para entrega a partir de 2006. No dia do lançamento, 178 clientes fecharam suas encomendas. O jato "vende que nem pão quente,", segundo o presidente da TAM Jatos Executivos, Rui Aquino, porque tem vantagens inquestionáveis sobre os atuais jatos em operação. "Um avião de mesmo porte, como o Citation I, para cinco passageiros, custa US$ 4 milhões, com praticamente a mesma velocidade e autonomia de vôo", explica o revendedor do Mustang no Brasil. "O produto é bom, mas nunca ninguém teve coragem de vender jato por mala direta." O material promocional foi criado pela agência Fábrica Comunicação Dirigida, com um slogan que não faz rodeios quanto à principal característica do produto: "É tudo o que você imagina de um jato. Menos o preço." O próprio sócio-diretor da Fábrica, Luiz Buono, se surpreendeu com o resultado da campanha, que custou cerca de US$ 60 mil. "Trabalhamos com um público muito especial, que exige informações detalhadas sobre o produto. Daí a receptividade às ações."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.