Malan diz que usará instrumentos para enfrentar a crise

O ministro da Fazenda, Pedro Malan, procurou nesta quinta-feira mostrar para a população que o governo não está paralisado diante das turbulências do mercado financeiro e que vai utilizar todos os instrumentos necessários para superar a crise. ?A economia é solida e, mais importante, e eu queria dizer a todos, o governo está agindo e está trabalhando, e tem os instrumentos e vai utilizá-los para normalizar essa situação?, disse o ministro, em entrevista à TV Globo.Segundo Malan, é preciso manter a ?serenidade? em momentos como os de agora. ?É exatamente nesses momentos em que prevalecem algumas análises precipitadas, e algumas declarações inconsequentes, que é preciso manter a serenidade e a tranquilidade?, afirmou.O ministro lembrou que o País já enfrentou crises semelhantes e que conseguiu superá-las. ?Essa situação será superada como foram outras?, disse. Como exemplo, Malan citou a crise vivida pelo mercado após os atentados terroristas aos EUA em setembro do ano passado, quando o dólar bateu a R$ 2,83 e mesmo assim fechou o ano em pouco mais de R$ 2,3. ?Quem se deixou levar pela ansiedade naquele momento provavelmente não fez a análise correta da situação?, disse.

Agencia Estado,

06 de junho de 2002 | 21h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.