Malan responde declarações de O?Neill

O ministro da Fazenda, Pedro Malan, afirmou hoje à Agência Estado ter certeza que o Fundo Monetário Internacional (FMI) nãonegará apoio ao Brasil. Em resposta ao secretário do Tesouro Nacional dos Estados Unidos, Paul O´Neill, Malan voltou a defender os fundamentos da economia brasileira. O´Neill condicionou uma possível ajuda financeira ao Brasil, Argentina e Uruguai à adoção de programas confiáveis pelos governos destes países. "Tenho certeza de que o secretário O´Neill haverá de reconhecer a coerência da política econômica brasileira e a seriedade com que o governo brasileiro trata o seu relacionamento com o FMI e seus recursos, fato, aliás, amplamente reconhecido por aquela instituição", disse. " Estou seguro de que o apoio internacional não faltará ao Brasil e que não será medido apenas por palavras", completou.

Agencia Estado,

28 de julho de 2002 | 21h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.