finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mangels anuncia investimentos, com nova fábrica em MG

Perto de completar 80 anos, empresa investirá R$ 200 mi no triênio 2007/2009

Cleide Silva, do Estadão

11 de julho de 2007 | 09h26

Um dos poucos grupos nacionais do ramo de autopeças que sobreviveu à onda de fusões, aquisições e até falências, a Mangels anuncia o maior programa de investimento de sua história, incluindo a construção de uma nova fábrica de rodas de alumínio na cidade de Três Corações, em Minas Gerais, ao lado da atual, que também terá a capacidade ampliada. Uma filial na Argentina é outro projeto futuro do grupo.Perto de completar 80 anos, a Mangels vai investir quase R$ 200 milhões no triênio 2007/2009. A divisão de rodas de alumínio, que ficará com cerca de 40% do montante, terá a capacidade produtiva ampliada em 65%, passando das atuais 1,7 milhão de unidades ao ano para 2,8 milhões. A nova fábrica será responsável pelo acréscimo de 500 mil rodas na produção anual. As obras do prédio começarão em 2008 e o início das operações será em janeiro do ano seguinte."A indústria automobilística está crescendo mais do que o mercado esperava e setor de autopeças tem de acompanhar esse crescimento", diz o diretor de finanças, administração e relações com investidores, Adelmo Felizati. Além da fábrica de rodas, a Mangels mantém em Três Corações uma unidade de cilindros de GLP. Em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, o grupo concentra a produção de aços relaminados, que também ficará com boa parte do investimento do triênio. Metade da produção vai para as montadoras e a outra metade para as áreas de construção civil e infra-estrutura. Uma quarta fábrica de galvanização fica em Guarulhos (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.