Manifestante de Viena é rainha do carnaval de cidade argentina

Nesta sexta-feira, os habitantes da cidade argentina de Gualeguaychú, celebravam o ato de protesto protagonizado por uma de suas compatriotas em Viena, Áustria, durante a Reunião de Cúpula União Européia-América Latina/Caribe. A manifestante era a bem torneada Evangelina Carrozzo, rainha do carnaval deste ano de Gualeguaychú.A estonteante morena de 25 anos, entrou no recinto onde estavam os chefes de Estado, tirou a roupa e de biquini desfilou carregando um cartaz com os dizeres: "Não às fábricas de celulose". Os habitantes de Gualeguaychú protestam há vários meses contra a instalação de duas fábricas de celulose a poucos quilômetros dali, na cidade uruguaia de Fray Bentos. Gualeguaychú e Fray Bentos estão separadas pelo Rio Uruguai que divide a Argentina e o Uruguai. Do lado Argentino, considera-se que as fábricas vão poluir a região prejudicando não somente a economia local, mas também a saúde de seus habitantes.Do lado uruguaio argumenta-se que as fábricas (uma pertencente à empresa finlandesa Botnia e a outra à espanhola Ence) vão proporcionar a recuperação econômica uruguaia. As duas empresas investirão 1,8 bilhões de dólares, valor equivalente a 13% do PIB uruguaio.Em Gualeguaychú, onde as vitrines da maioria das lojas ostentam os cartazes "não às fábricas de celulose, sim à vida", faziam-se piadas sobre a cara de surpresa dos chefes de Estado presentes na Cúpula de Viena, principalmente o rosto estupefato do presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez. Segundo a família de Evangelina, nesta sexta-feira de manhã ela estava mais orgulhosa do que quando havia sido condecorada rainha do carnaval. A cidade de Gualeguaychú é famosa por realizar um carnaval similar ao brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.