finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Manifestantes protestam na Casa Branca

Governo estadual pagará salários de servidores federais e Estátua da Liberdade é reaberta em NY

O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2013 | 02h03

Milhares de pessoas protestaram ontem em frente à Casa Branca e a vários dos mais conhecidos monumentos da capital dos Estados Unidos contra o impasse bipartidário que levou à paralisação do governo federal. No Memorial da Segunda Guerra Mundial e no Memorial Lincoln, os manifestantes removeram as barreiras de proteção. Foi a primeira vez que pessoas comuns entraram nesses locais, desde 1º de outubro - quando 401 atrações administradas pelo Serviço Federal de Parques dos Estados Unidos em todo país foram forçadas a fechar ao público, após o Congresso dos EUA e a Casa Branca não conseguirem chegar a um entendimento sobre o Orçamento e o teto da dívida do país.

A polícia observou sem reagir e não há notícia de repressão aos manifestantes. Forças de segurança reergueram as barreiras que impediam o acesso aos monumentos.

Os protestos foram convocados em meio à indignação de setores mais conservadores da sociedade norte-americana com cenas de veteranos de guerra impedidos de visitar monumentos construídos em sua homenagem na capital do país.

A Estátua da Liberdade só foi reaberta aos visitantes ontem, após o governo do Estado de Nova York concordar em dar o dinheiro para que o Serviço Nacional de Parques pague os funcionários que trabalham no monumento.

A atração está entre os dez monumentos e parques nacionais que reabriram neste fim de semana depois de acordos similares serem fechados com os governos estaduais, disse o Serviço Nacional de Parques, incluindo o Parque Nacional do Grand Canyon, no Arizona.

Em Nova York, o governador Andrew Cuomo disse que o Estado vai dar ao governo federal US$ 61,6 mil por dia. para reabrir a estátua. / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.