Mantega acha que o FMI olha para o social

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, elogiou nesta segunda-feira o Fundo Monetário Internacional observando que os dirigentes da instituição não têm mais a visão estritamente fiscalista de tempos atrás. "O Fundo tem mudado, tem amadurecido muito nos últimos anos. Antes, era um organismo restrito às questões fiscais, e hoje também olha para o social e para o crescimento econômico", disse.Nesta terça-feira o governo brasileiro receberá a missão do FMI em Brasília para discutir a exclusão dos investimentos públicos no cálculo do gastos governamentais. Segundo ele, existem outras fatores que não são refletidas pelos indicadores fiscais e os investimentos em infra-estrutura estão entre eles. "O FMI já acordou para isso, e essa nova postura já se reflete na instituição", afirmou.

Agencia Estado,

19 de julho de 2004 | 21h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.