Mantega anuncia prorrogação do PSI até o final do ano

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quarta-feira a redução dos juros para a linha do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), administrada pelo Bando Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo ele, a economia brasileira já está em gradual recuperação, mas ainda é preciso continuar dando estímulos para o investimento e para o consumo.

RENATA VERÍSSIMO, CÉLIA FROUFE E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

29 de agosto de 2012 | 17h17

Mantega disse que a redução dos juros é um estímulo ao investimento. O estímulo ao consumo virá por meio da prorrogação da redução de IPI para alguns produtos, que ele ainda não anunciou.

Segundo o ministro, o PSI venceria em 31 de agosto e vale, agora, até o fim do ano. Ainda de acordo com ele, o programa, criado em 2009 para financiar sobretudo bens de capital e investimentos em tecnologia, tem R$ 230 bilhões autorizados, dos quais ainda estão disponíveis R$ 78 bilhões. A prorrogação, disse Mantega, permitirá a liberação de todo o valor previsto.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegamedidasanúncioPSI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.