Mantega anuncia que BNDES lançará fundos de ações

O presidente do Banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guido Mantega, disse hoje que a instituição pretende lançar alguns fundos de investimento. Um deles será como o PIBB, lançado pelo Banco no ano passado, com várias das ações de empresas que estão na carteira do BNDES. Este fundo terá rentabilidade mínima igual à da caderneta de poupança, podendo apresentar valorização superior dependendo da rentabilidade do conjunto das ações que vão integrá-lo.Ele afirmou que o BNDES vai apresentar aos gestores do FGTS a proposta de permitir aos trabalhadores utilizar os recursos para investir nesse tipo de aplicação. "Ainda não pleiteamos isso. Estamos preparando todos esses fundos. Ele não estão prontos", disse Mantega.De acordo com ele, assim que estiverem definidos, o que deve ocorrer em 20 ou 30 dias, o BNDES vai procurar as centrais sindicais e os demais gestores do FGTS. "Claro que a finalidade principal do FGTS é habitação e saneamento e queremos que continue assim. Mas, havendo saldo de caixa, tenho certeza que será de interesse dos trabalhadores", disse.Interesse no mercado de capitaisMantega reafirmou o interesse do banco no desenvolvimento do mercado de capitais. "O mercado de capitais é uma forma da empresa se financiar a um custo barato: colocando debêntures com a participação acionária do BNDES no capital das empresas, com fundo de recebíveis e vários novos instrumentos", disse Mantega. Ele ressaltou que "as empresas brasileiras estão preparadas para isso, mas é claro elas tem que abrir seu capital e tem que ter boa governança corporativa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.