Mantega anuncia que Reintegra será prorrogado para 2013

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quarta-feira a prorrogação do Programa Reintegra para 2013. A medida concede um crédito de 3% para as indústrias que exportam manufaturados. "É como se o câmbio fosse um pouco melhor para as empresas. Isso diminui o custo das exportações e as tornam mais competitivas", disse o ministro.

EDUARDO RODRIGUES, RENATA VERÍSSIMO E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

19 de dezembro de 2012 | 19h41

Segundo ele, mesmo com o comércio exterior crescendo apenas 0,7% no mundo em 2012, a indústria brasileira conseguiu exportar mais. "Quando o mercado internacional se normalizar, o Brasil vai exportar ainda mais", acrescentou.

De acordo com Mantega, o impacto fiscal de Reintegra em 2013 será de R$ 2,228 bilhões, superior ao incentivo dado este ano, que ficou entre R$ 1,4 bilhão e R$ 1,5 bilhão.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegamedidasReintegra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.