Mantega confia que crise política ainda não afetou economia

A crise política ainda não afetou a economia, na opinião do presidente do BNDES, Guido Mantega. Ele manifestou, porém, preocupação com relação à manutenção dos investimentos e considera importante o declínio da taxa de juros para garantir a realização de novos projetos empresariais.Ele está confiante na queda dos juros agora, a partir do segundo semestre. "Já existem condições para reduzir (a Selic). Quando o Copom vai resolver baixar, não cabe a mim dar opinião. Se baixasse isso ajudaria muito a consolidar essa tendência de aumento de investimentos. Seria uma notícia boa. E a verdade é que todo o mercado já espera", afirmou.Já a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) é reavaliada trimestralmente pelo Conselho Monetário Nacional. Mantega lembrou que os parâmetros, neste caso, são diferente dos analisados para a Selic."A Selic tem de ser muito mais ágil, enquanto a TJLP tem de ficar mais estável para dar uma perspectiva de longo prazo. À medida que o risco País cai mais e a inflação também, pode-se baixar a TJLP. Hoje, o risco País está abaixo dos 400 pontos, o que é um belo termômetro. Com inflação em baixa também, a TJLP pode cair."Mesmo com a escalada da taxa básica de juros, a TJLP vem se mantendo em 9,75% ao ano, o que ainda é considerado pelo mercado uma base muito alta de juros de financiamento.

Agencia Estado,

01 de agosto de 2005 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.