Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Mantega e empresários discutem maior competitividade

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, reúne às 15 horas o Grupo de Acompanhamento do Crescimento (GAC) para discutir uma agenda de medidas de estímulo ao aumento da competitividade das empresas brasileiras. Segundo fonte do governo, o Ministério da Fazenda quer ouvir, nessa reunião, as propostas do setor empresarial para enfrentar o problema da excessiva valorização do real ante o dólar, que afeta a capacidade de as empresas exportadoras enfrentarem a concorrência internacional.

ADRIANA FERNANDES E NERI VITOR EICH, Agencia Estado

21 de outubro de 2009 | 08h51

A ideia é de tratar de medidas pontuais voltadas para os setores mais afetados pela taxa de câmbio, como foi feito na fase de enfrentamento dos efeitos da crise econômica. As medidas não têm caráter de curto prazo, mas visam melhorar a competitividade. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, também participa do encontro.

O GAC é originário do Grupo de Acompanhamento da Crise, formado pelo governo para discutir medidas e monitorar o impacto da crise financeira internacional no setor produtivo. Dele participam empresários de vários setores e integrantes de outras áreas do governo. O Ministério da Fazenda resolveu mudar o nome do grupo, porque, no entendimento do governo, a crise já está superada e, agora, a política econômica entra numa outra fase, que inclui ações de melhoria de competitividade. Mantega ainda comparece hoje à Comissão Especial da Câmara que analisa o projeto do pré-sal que trata da capitalização da Petrobras.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaMiguel Jorgeempresários

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.