Mantega: governo fará poupança extra de 0,5% do PIB

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje, em São Paulo, que o governo decidiu fazer uma poupança fiscal extra de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), o equivalente a R$ 13 bilhões. Os recursos irão para o Fundo Soberano do Brasil. O objetivo da iniciativa é o de colaborar com a política antiinflacionária, explicou. "Apesar de o Brasil ter inflação menor do que a de outros países emergentes, temos que tomar cuidado", afirmou.De acordo com Mantega, a poupança pode ser criada em função da disponibilidade de recursos provenientes da arrecadação. "O governo vai colocar esses recursos a parte e não os gastará. Deixa, portanto, de ser uma despesa para se transformar em uma poupança." O ministro deu as informações em entrevista coletiva à imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.