Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Mantega ironiza o mercado em defesa do Banco Central

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, ironizou hoje em São Paulo a atitude do mercado que ontem fez elevar a cotação do dólar devido a uma decisão do Banco Central para reduzir o volume de títulos indexados à moeda norte-americana. "Quando o Banco Central aparentemente não faz nada, todo mundo reclama e diz que o BC não está intervindo. Aí quando o BC faz uma operação - que aliás é absolutamente correta -, também reclamam", disse o ministro. De acordo com ele, o período para perseguir a meta de reduzir o volume de títulos cambiais é decisão exclusivamente do Banco Central. Para Mantega, o Banco Central fez ontem uma operação dessa natureza e, segundo ele, houve apenas uma ligeira elevação do dólar.O ministro disse ainda que é muito curioso esse tipo de reação do mercado de câmbio. "Me parece absolutamente correta a atitude do Banco Central, já que existem condições para poder diminuir essa sua parcela de títulos indexados à moeda norte-americana. A questão chave é qual é o momento para fazer isso, e o momento adequado parece que começa agora", acrescentou ele, em entrevista a imprensa logo depois de ter participado de um encontro com empresários do setor de infra-estrutura, na Associação Brasileira de Infra-Estrutura e Indústrias de Base (Abdid). "É claro que isso não se faz da noite para o dia, já que são títulos que estão aí. De qualquer forma, acho que foi muito bem recebido pelo mercado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.