finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mantega ironiza "ousadias" de Malan

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, fez hoje, na audiência pública na Comissão Mista de Orçamento, uma série de ironias sobre a política econômica do governo Fernando Henrique Cardoso, comandada pelo ex-ministro da Fazenda Pedro Malan. O ministro respondia às afirmações do deputado Alberto Goldman (PSDB-SP), de que Malan teria sido mais ousado em relação à política macroeconômica do que o atual ministro Antonio Palocci."Com certeza ele era muito mais ousado, pois manteve o câmbio fixo desde quando foi adotado em 1994, além de ter praticado taxas de juros de 40% e ter voltado as costas para a vulnerabilidade externa", criticou. "O País teve as menores taxas de crescimento do PIB em toda a sua história, graças a essas ousadias".Mantega afirmou que as medidas tomadas pelo ex-ministro em nome da estabilidade econômica não se cumpriram. "Com uma inflação de 30%? Que estabilidade é esta?", questionou o ministro referindo-se às taxas inflacionárias deixadas pelo antigo governo.

Agencia Estado,

18 de setembro de 2003 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.