Mantega: mercado interno sustentou PIB do 1º trimestre

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que o mercado interno sustentou o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre, evitando uma queda mais pronunciada da atividade econômica. Ele destacou, especialmente, o consumo das famílias e do governo, salientando que as medidas anticíclicas adotadas pela administração federal já surtiram efeitos. O ministro avaliou que o resultado mostrou capacidade de recuperação da economia brasileira.

FABIO GRANER E RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

09 de junho de 2009 | 12h20

Mantega declarou que o resultado do PIB, que caiu 0,8% ante o quarto trimestre, foi melhor do que o esperado pelo mercado. "Aliás, ninguém acertou a projeção. Acho que só uma instituição acertou", disse. O ministro observou que a queda do PIB foi determinada pelo decréscimo dos investimentos da indústria, mas ele ressaltou que os números, divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são "um olhar no retrovisor". Ele também disse que o Brasil teve um melhor desempenho em relação a diversos países no mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBMantega

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.