Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Mantega minimiza alta dos preços

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o País vive um crescimento robusto e sustentável, estimulado pelo mercado interno. Ele afirmou que o aumento da demanda está sendo atendido pela produção interna e pelas importações, e minimizou a escalada recente dos preços.''''Não acredito que haja inflação de demanda no País. Tiveram aumentos pontuais nos preços de alguns produtos, como leite, carne e trigo, mas as causas são conhecidas.'''' Mantega avaliou que não há ''''superaquecimento'''' da economia, ao ser questionado sobre as declarações do presidente Lula.O ministro disse, ainda, que o IPC-S, medido pela Fundação Getúlio Vargas, já mostra um recuo nos preços da carne e do leite. ''''Não podemos nos precipitar com aumentos pontuais numa economia complexa como a brasileira'''', afirmou. O ministro disse também que as estimativas de inflação para este ano continuam abaixo do centro da meta. ''''O governo está vigilante para evitar que a inflação volte. Mas não é o caso de se precipitar.''''

Renata Veríssimo e Adriana Fernandes, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2012 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.