Mantega nega estudo para conter concentração bancária

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, negou hoje que o governo estaria estudando medidas para conter a concentração bancária caso o banco Santander compre o ABN. "Não há preocupação com concentração bancária, afirmou o ministro.Guido Mantega acrescentou que, no momento, o governo estuda medidas para regulamentar as tarifas bancárias. Ele informou que existe a possibilidade de serem criados limites para a cobrança de algumas tarifas, como a taxa de abertura de contra e a cobrada na liquidação antecipada de crédito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.