Mantega: Preço de gasolina converge para internacional

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira, 16, que a Petrobras tem um sistema de ajuste de preços e convergência para preços internacionais. Segundo ele, nos últimos meses, houve uma "convergência em função dos ajustes dados" aos combustíveis no País. "Houve diminuição da diferença dos preços dos combustíveis no Brasil e no exterior", ressaltou.

RICARDO LEOPOLDO E FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

16 de agosto de 2013 | 21h32

Questionado se um novo reajuste da gasolina poderia ocorrer em breve, o ministro respondeu: "não anunciamos reajustes por antecedência". "Participei de uma reunião com empresários, mas não foi como presidente do conselho da Petrobras", acrescentou, após participar do Fórum Nacional de Empresários, organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.

Ainda nesta sexta-feira Mantega participará de reunião do conselho da estatal, que ocorrerá em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Mantegacombustível

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.