Mantega quer consumo sustentável,mas nega limitar financiamentos

O governo quer evitar que o crédito eo consumo cresçam de uma forma insustentável, mas o ministro daFazenda negou que a equipe econômica cogite restringir emtermos temporais os financiamentos. "Não estamos pensando em estabelecer limites de prazo parafinanciamentos", disse Guido Mantega a jornalistas em seugabinete, acrescentando que nada deve mudar para o consumidor. A questão do consumo, que tem sido o principal motor docrescimento econômico do país, vem preocupando a equipeeconômica em meio à crise global de crédito. (Reportagem de Isabel Versiani; Edição de AlexandreCaverni)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.