Mantega rechaça congelamento de preços

O ministro da fazenda, Guido Mantega, rechaçou hoje a hipótese de o Brasil determinar o congelamento de preços como forma de conter a alta da inflação. "Aqui não vamos fazer nada disso", disse Mantega, após deixar a sede do Ministério da Fazenda.O congelamento dos preços foi anunciado recentemente no México e na Venezuela como reação à disparada dos preços de produtos agrícolas. Questionado sobre a eficácia das medidas adotadas, o ministro disse que "não opina sobre a política de países amigos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.