Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Mantega: reservas não serão usadas para ajudar BNDES

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que as reservas internacionais do País não serão utilizadas para ampliar a capacidade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de fazer empréstimos às empresas no próximo ano. "As reservas não serão usadas", declarou o ministro.A uma pergunta sobre a forma como será feita a ajuda ao BNDES, Mantega, sem fornecer detalhes, respondeu: "Vamos criar um fundo soberano, mas não é com o dinheiro das reservas."O BNDES está negociando com o Tesouro Nacional mais recursos para poder financiar todos os projetos de investimentos que estão sendo apresentados pelas empresas. O banco está com uma demanda de R$ 82 bilhões, mas só tem garantidos R$ 50 bilhões.

ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

21 de novembro de 2007 | 13h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.