Mantega ressalta importância de juros menores

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quarta-feira que a redução das taxas dos financiamentos, a queda da taxa básica de juros da economia, a Selic, e a desvalorização do real têm resultado importante sobre a economia.

CÉLIA FROUFE, RENATA VERÍSSIMO E EDUARDO FERREIRA, Agencia Estado

27 de junho de 2012 | 12h57

"Os custos em dólar estão caindo e a produção brasileira se torna mais barata e competitiva. Isso já está afetando as contas externas brasileiras e os produtos nacionais passam a custar menos no exterior", avaliou.

Para Mantega, a indústria, que vinha tendo dificuldade para exportar, deve ser beneficiada pelo novo cenário. "Tanto a queda dos juros quanto a do câmbio vão continuar e isso vai provocar uma mudança importante na estrutura brasileira. Este é um processo que ainda não terminou, está apenas iniciando."

O ministro aproveitou para avaliar que IPCA de junho será menor do que o de maio, que a inflação cairá e que a confiança do consumidor no crescimento da economia está em alta. Outro dado apontado por Mantega é a queda da taxa de desemprego. "Estamos com o menor nível desde que a série histórica começou.

Tudo o que sabemos sobre:
medidasestímulojuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.