Mantega reunirá montadoras para avaliar prorrogação do IPI menor

Em reunião na semana que vem, ministro vai avaliar o repasse do incentivo para os preços, dados de emprego e produção

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

24 de agosto de 2012 | 10h59

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, vai se reunir na próxima semana com representantes do setor automotivo para avaliar dados que subsidiarão a decisão do governo de prorrogar ou não a redução do IPI para automóveis. Segundo apurou a Agência Estado, nessa reunião, o ministro deve receber informações do segmento sobre o período de vigência do benefício fiscal, que começou em maio deste ano e está previsto para terminar em 31 de agosto.

Segundo fontes, a análise do ministro vai levar em conta o repasse do incentivo para os preços, dados de emprego e de produção. A reunião deve ocorrer em meados da semana que vem.

Como está às vésperas do final do prazo da redução do IPI e, nesse período, há um aumento das vendas com os feirões de automóveis espalhados por todo o País, integrantes da equipe econômica mantêm muita cautela com relação às informações sobre a possibilidade de prorrogação do incentivo que podem comprometer esse esforço final de vendas. As montadoras estão fazendo feirões e preveem o melhor mês de vendas da história.

Há integrantes do governo que defendem a prorrogação como necessária para estimular e acelerar a atividade econômica nos últimos meses do ano. A assessoria do ministério da Fazenda, no entanto, informou que não há definição, até o momento, sobre a questão.

 
Tudo o que sabemos sobre:
IPImontadorascarrosautomoveisMantega

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.