Mantega: superávit primário está dentro do esperado

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que o superávit primário está dentro dos parâmetros esperados. "O resultado não está acima do que estamos trabalhando. Não está sobrando dinheiro", disse o ministro, ao chegar ao Ministério. Mantega afirmou que o volume de recursos é suficiente para cumprir a meta de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2010. Ele salientou que há variações mensais do resultado e que, no mês passado, por exemplo, houve déficit. "Cada mês é um tipo de arrecadação", afirmou.

CÉLIA FROUFE E RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 12h53

Mantega confirmou ainda que o corte adicional que será promovido no orçamento de 2010 será de R$ 10 bilhões, conforme já havia sido anunciado pela equipe econômica. Segundo Mantega, apesar das notícias de que o corte seria menor, o impacto da medida na economia será de R$ 10 bilhões. "Vão ser R$ 10 bilhões a menos de gastos e isto é o que vai refletir na economia. E é isso o que nós queremos, reduzir a despesa de custeio do setor público para ajudar a manter o crescimento da economia sustentável", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.