Divulgação
Divulgação

carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Mãozinha do Facebook é usada em protesto contra o Facebook

Site publica em sua página na rede social uma nova versão do símbolo de 'curtir', reclamando contra o filtro que impede acesso de todos os seguidores às postagens

Economia & Negócios,

11 de abril de 2014 | 09h17

 SÃO PAULO - A popular mãozinha do Facebook, símbolo de 'like' usado para quem quer 'curtir' as publicações dos outros internautas, está sendo usada em um protesto contra o próprio Facebook.

Uma montagem mostra a mão em outra posição, com os dedos unidos e virados para cima em posição de indignação.

O desenho com as cores e estilo similar ao usado pela rede social foi publicado no Facebook pelo site brasileiro Blue Bus, especializado em publicidade, com um texto que faz referência ao fato de as publicações não chegarem mais a todos os seguidores dos perfis e páginas.

O Facebook vem limitando o envio das postagens aos seguidores a um número cada vez mais reduzido ao mesmo tempo em que oferece o serviço pago de propagação das mensagens, procedimento que tem irritado muitos internautas.

"Já faz tempo que o Facebook mostra o conteúdo apenas para a minoria dos nossos fãs", diz o texto que acompanha a imagem, que convida os seguidores do site a acompanhar seu conteúdo também por outras redes como o Twitter, Google+, Pinterest ou pelo Flipboard.

"Nao confie no Facebook, lá nosso conteúdo só é mostrado para uma minoria e quem decide para quem mostrar nao somos nós, sao eles ;)", acrescenta o comentário, que teve centenas de 'likes' e compartilhamentos em poucas horas.

Tudo o que sabemos sobre:
Facebook

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.