Marco Aurélio não divulga hoje despacho sobre Meirelles

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal(STF), decidiu não liberar hoje a sua decisão sobre o pedido do procurador geral Geraldo Fonteles, para que seja aberta inquérito para investigar denúncias de supostas irregularidades que teriam sido praticadas pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Marco Aurélio disse que o seu despacho deverá ser digitado e revisado e só amanhã ele irá liberá-lo. Ao ser questionado sobre o teor de seu despacho, limitou-se a comentar: "Dizem que sou um ministro previsível". Na semana passada, o plenário do STF decidiu , por 7 votos a 4, que é constitucional a medida provisória que deu a Meirelles o status de ministro.

Agencia Estado,

11 Maio 2005 | 15h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.