seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Mares Guia destaca contribuição do turismo para contas externas do País

O ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, destacou nesta terça-feira, em discurso para uma platéia de empresários, o bom desempenho do setor de turismo e sua contribuição para a melhoria das contas externas do País. Sem fazer comparação direta com governos anteriores, Mares Guia afirmou que o Brasil "não vive mais de pires na mão, catando dólares para fechar as contas".Segundo ele, por causa do ajuste nas contas externas, para o qual contribuiu a captação de dólares por meio do turismo de estrangeiros, o Brasil pôde passar sem crise pelo período de elevação dos juros internos dos Estados Unidos, que hoje estão em 5,25% ao ano. "Isso foi possível porque o País hoje cresce de maneira sustentada", afirmou Mares Guia, em discurso na solenidade de posse da nova presidente da Embratur, Jeanine Pires.O ministro comemorou, também, a redução da taxa de Risco País do Brasil que está em torno de 200 pontos-base. A taxa mede o grau de confiança dos investidores estrangeiros em um país e, quanto mais baixa, menor a desconfiança. "A queda do Risco País ocorreu sem artificialismo, sem maquiagem, é resultado apenas do funcionamento do mercado", afirmou Mares Guia. Nem mesmo a crise financeira da Varig, que afetou a projeção do seu ministério quanto à entrada de dólares de turistas estrangeiros no País este ano, desanimou o discurso otimista de Mares Guia. "Apesar da crise da Varig, o turismo no Brasil nunca esteve tão bem porque responde diretamente ao crescimento da economia", completou.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2006 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.