Marfrig avalia abrir capital de subsidiárias no exterior

A Marfrig Global Foods informou que está "explorando e analisando" a possibilidade de realizar a abertura de capital de suas subsidiarias no exterior, segundo relatório de administração divulgado neste domingo, 9, pela empresa com os resultados do quarto trimestre de 2013.

NATALIA GÓMEZ, Agencia Estado

09 de março de 2014 | 19h29

De acordo com o documento, a iniciativa tem o objetivo de injetar capital para um crescimento orgânico mais acelerado, principalmente na Europa e na Ásia. Parte dos recursos seria direcionada para uma redução adicional do endividamento do grupo, levando a uma reprecificação das ações da companhia, informou o documento.

As aberturas de capital ocorreriam de modo a manter "uma margem confortável de controle" sobre as empresas, acrescentou a Marfrig, ressaltando que o tema ainda está em "fase exploratória".

Em relação a outros assuntos, a empresa afirmou ainda que prevê que a demanda internacional por bovinos não deve diminuir e que a China deve representar uma força significativa em termos de demanda por bovinos e ovinos nos próximos anos.

Segundo a empresa, "não seria inconcebível" imaginar a abertura do mercado dos Estados Unidos para bovinos brasileiros nos próximos anos, o que aumentaria ainda mais as possibilidades da sua plataforma atual na América do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
Marfrigbalanço4º trimestre 2013IPO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.