Marfrig faz acordo com OSI e diversifica negócios em aves

O negócio, avaliado em US$ 680 milhões envolve a aquisição das empresas Braslo, Penasul e Agrofrango

REUTERS

23 de junho de 2008 | 09h38

O grupo Marfrig, um dos maiores processadores de carne bovina do Brasil, anunciou nesta segunda-feira um acordo para a compra de ativos do grupo OSI no Brasil e em vários países da Europa, o que permitirá à empresa diversificar suas atividades no setor de aves. O negócio, avaliado inicialmente em 680 milhões de dólares, sendo 400 milhões em dinheiro e 280 milhões em ações do Marfrig, envolve a aquisição da Braslo Produtos de Carnes (importante fornecedor de redes "fast food" em produtos de valor agregado de carne e de aves), Penasul Alimentos, que atua em industrializados de frangos e suínos, e da Agrofrango Indústria e Comércio de Alimentos. O grupo norte-americano Osi terá direito a um lugar no conselho de administração da Marfrig e o financiamento da aquisição "envolverá oportunamente aumento de capital da Marfrig e não afetará o controle acionário da empresa".

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCARNEMARFRIG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.