Marinho diz que Brasil precisa de reforma da Previdência

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, que sempre foi contrário a mudanças na Previdência, afirmou nesta segunda-feira, após o lançamento do Fórum Nacional da Previdência Social, que o Brasil precisa da reforma no INSS. "Tanto é que estamos discutindo." Ele disse esperar que o Fórum conclua seus trabalhos apresentando uma proposta de reforma, mas manifestou-se contrário à mudança na idade mínima para a aposentadoria, além de defender a manutenção dos direitos adquiridos dos trabalhadores. "Esperamos que a gente tenha uma conclusão de preservar totalmente os direitos dos atuais trabalhadores." Inicialmente, Marinho se manifestou reticente a responder perguntas sobre o Fórum e a reforma. Segundo ele, esta atribuição era do ministro da Previdência. Diante da insistência, ao ser questionado sobre o que achava do fórum, ele respondeu: "esperamos que conclua o processo com tranqüilidade". Sobre a idade mínima, o ministro respondeu que o Brasil já tem idade mínima. "Vamos primeiro partir de um diagnóstico. Como disse o ministro Nelson Machado, olhar para o futuro. É preciso preservar totalmente os direitos adquiridos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.