Mario Celso Lopes deixa presidência da Eldorado Celulose

O empresário Mario Celso Lopes deixará até o final de agosto a presidência da Eldorado Celulose e da Florestal Brasil, em meio a um processo de profissionalização das diretorias das companhias, de acordo com a assessoria de imprensa.

REUTERS

05 de agosto de 2010 | 11h58

O diretor-comercial da Eldorado Celulose, Sérgio Almeida, assumirá a presidência da companhia. Anteriormente, ele havia trabalhado na Votorantim Celulose e Papel (VCP), que após a compra da Aracruz deu origem à Fibria.

A Eldorado está construindo em Três Lagoas (MS) uma unidade produtora de 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano. Os investimentos são estimados em 4,8 bilhões de reais, com início da produção na segunda metade 2012.

Os controladores da empresa são a MCL Empreendimentos, do próprio Mario Celso Lopes, e a J&F, controladora do frigorífico JBS.

Já na Florestal Brasil, também formada por MCL e J&F, mas com participação ainda da Fundação dos Economiários Federais (Funcef) e da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), quem assume a presidência é Vilmar Lemos Cardoso, que já atuou na JBS.

A Florestal deverá fornecer para a Eldorado todo o eucalipto necessário para a produção de celulose, que, por sua vez, será destinada à exportação. A companhia utilizará terras próprias e de parceiros.

(Por Carolina Marcondes; Edição de Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPELELDORADOPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.