finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mastercard: 57% de pagamentos são feitos eletronicamente

Cerca de 57% dos pagamentos realizados por consumidores brasileiros já são efetuados eletronicamente, aponta estudo da MasterCard divulgado nesta segunda-feira, 23. De acordo com a empresa, o crescimento econômico da população e a rápida urbanização levam o País a caminhar rumo à substituição total do uso do dinheiro vivo em pagamentos.

GABRIELA VIEIRA, Agencia Estado

23 de setembro de 2013 | 16h25

O estudo, que mediu a evolução do uso do dinheiro em papel-moeda para meios eletrônicos de pagamento em 33 países, argumenta que o dinheiro vivo pode custar aos países até 1,5% do seu Produto Interno Bruto (PIB), além de levar mais tempo para ser acessado e possuir um transporte mais arriscado.

Em relação ao avanço dos pagamentos eletrônicos no Brasil, a pesquisa avalia que o País "tem a infraestrutura necessária para a expansão continuada do pagamento eletrônico. No entanto, acelerar essa mudança vai exigir a continuação do compromisso com a educação do consumidor, entre os provedores de pagamentos, bem como um compromisso semelhante com relação à inclusão financeira, da parte de bancos e do governo".

Tudo o que sabemos sobre:
meios de pagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.