Material de construção pode ter investimento menor

A intenção de investir diminuiu entre os empresários da indústria de materiais de construção, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em maio, mostrou a pesquisa, 70% dos entrevistados disseram que pretendem investir ao longo dos próximos 12 meses. Em abril o porcentual ficou em 71%, mesmo porcentual reistrado em maio de 2012.

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

24 de maio de 2013 | 08h53

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria de materiais ficou estável em 81%, mesmo nível tanto na comparação mensal quanto anual. A pesquisa também mostrou que 35% dos empresários se disseram otimistas em relação às ações de incentivo por parte do governo federal nos próximos 12 meses. O número é melhor do que os 27% de abril, mas está abaixo dos 54% de maio de 2012.

O desempenho das vendas de materiais de construção no mercado interno foi considerado bom ou muito bom por 57% dos empresários em maio, enquanto 38% consideram regular e 5%, ruim. Para junho, 78% esperam vendas boas, 19%, regulares e 3%, ruins.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.