finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mattel promove recall de mais de 18 milhões de brinquedos

Entre produtos feitos na China recolhidos por segurança estão bonecas Barbie.

Bruno Garcez, BBC

14 de agosto de 2007 | 15h33

A Mattel, a maior fabricante mundial de brinquedos, anunciou nessa terça-feira o recall de mais de 18 milhões de brinquedos em todo o mundo, inclusive no Brasil.O recall, o segundo em duas semanas, atinge brinquedos que contêm ímãs, entre eles 345 mil bonecos do personagem Batman e 683 mil bonecas Barbie, fabricados nos últimos cinco anos na China. A empresa avaliou que peças como a pá usada pela boneca Barbie para recolher o cocô de mentirinha de seu cãozinho representavam um risco. Explica-se: o artefato contém um ímã que poderia se soltar e possivelmente ser engolido por crianças.O kit do Batman da Mattel também conta com peças magnéticas que, segundo a empresa, se engolidas podem causar perfuração no intestino ou infecções fatais.A companhia conta ter recebido relatos de ímãs terem se soltado, mas afirma que nenhum dos casos resultou em ferimentos.A Mattel do Brasil disse em um comunicado que, para que o maior número de consumidores seja informado sobre o recall, a empresa irá veicular mensagens em rádios e TVs de todo o país. A empresa disse querer a colaboração de consumidores, varejistas e parceiros para que informem o maior número de pessoas possível, a fim de recolher e substituir rapidamente os itens afetados.No Brasil, foram comercializadas cerca de 850 mil unidades dos produtos que fazem parte deste recall entre 2002 e 2007, entre eles brinquedos da linha Polly, a pá do conjunto Barbie e seu cãozinho Tanner e figuras magnéticas do Batman. Destes, a maioria já está nas mãos dos consumidores. Segundo a empresa, os pontos de vendas estão sendo notificados para que suspendam as vendas e que retornem os brinquedos à Mattel imediatamente.A matriz da Mattel nos Estados Unidos também anunciou que fará o recall de 436 mil brinquedos da linha de carrinhos Sarge (Sargento).Os carrinhos, que reproduzem jipes militares, continham tinta à base de chumbo em uma quantidade que excede os padrões determinados pelos Estados Unidos. O recall do Sarge não atinge o Brasil, uma vez que o lote de produtos com excesso de chumbo na pintura não foi comercializado no Brasil.O recall anunciado pela Mattel há duas semanas já havia atingido 1,5 milhão de produtos, que supostamente continham um excesso de tinta à base de chumbo. Em uma série de anúncios publicados nesta terça-feira em grandes veículos de comunicação americanos, entre eles o jornal The New York Times, a Mattel disse que está ''''trabalhando duro'''' para atender as preocupações dos consumidores.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.