Maus resultados de bancos derrubam mercados na Europa

Às 10h30 de hoje, a Bolsa de Frankfurt caía 4,32%, a de Paris, 3,45% e a Bolsa londrina recuava 3,7%.

Efe e AP

27 de fevereiro de 2009 | 11h21

Os mercados europeus operam em forte baixa nesta sexta-feira, 27, devido a preocupações com o setor bancário e farmacêutico. Às 10h30 de hoje, a Bolsa de Frankfurt caía 4,32% e a de Paris, 3,45%. A Bolsa londrina recuava 3,7%. Veja também: As medidas do emprego De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à criseApós um balanço negativo divulgado na manhã de hoje, as ações do Lloyds Banking Group, que recuavam 21,47% na bolsa britânica. O Royal Bank of Scotland, que ontem anunciou o maior prejuízo da história, tinha uma desvalorização de 13% em suas ações, e o Barclays, de 10,8%.O setor farmacêutico também enfrenta perdas, preocupado com uma possível diminuição de lucros com o projeto de reforma no sistema de saúde pública dos EUA proposto pelo presidente Barack Obama. As ações da Astrazeneca caíam 6,5%. As da Sanofi-Aventis perdiam 4,4% e as do GlaxoSmithKline, 3,2%."As pessoas estão percebendo que o setor não é mais garantia de lucro tem tempos de crise como se pensava", disse Stephen Pope, estrategista-chefe de mercados da Cantor Fitzgerald. "Com o plano de Obama, os consumidores não dirão mais 'Pagaremos o preço que vocês cobrarem', mas, sim, 'Pagaremos o que pudermos'".

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsaseuropabancoscrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.