McDonald´s condenado a pagar R$ 7 milhões a franqueado

A rede norte-americana de lanchonete McDonald´s foi condenada a pagar a um ex-franqueado de Campo Grande (MS) uma indenização de R$ 700 mil por danos morais e mais o equivalente a 18 anos de lucros cessantes, num total estimado em R$ 7 milhões. Esta é a maior vitória desde que começou a briga entre a corporação e um grupo de 37 franqueados e ex-franqueados, em 1999, e que resultou em mais de 50 ações na Justiça contra a rede. O McDonald´s não quis dar entrevistas, mas divulgou uma nota afirmando que irá recorrer da decisão.?Investi todo meu patrimônio de R$ 600 mil e em dois anos perdi tudo?, afirma o vencedor da ação, Valmir Guarinão, 35 anos. O empresário abriu a loja no shopping de Campo Grande em maio de 1997, mas teve de fechar as portas 19 meses depois pois não conseguia pagar o aluguel cobrado pelo McDonald´s. Segundo Guarinão, a rede cobrava de aluguel o equivalente a 21,5% do faturamento, enquanto pagava o equivalente a apenas 1,5% para o shopping. Isso fora os 10% cobrados por royalties e investimentos em marketing.De acordo com a Associação dos Franqueados Independentes do McDonald´s, o número de lojas franqueadas vem caindo a cada ano. Até 1999, 60% das lojas eram franqueadas e 40% pertencia da matriz norte-americana. Hoje, a matriz detém 75% das lojas. Nos últimos 11 meses, o número de franqueados caiu de 157 para 112.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.