McDonald’s e Honeywell aumentam lucro no 2º trimestre

Já a Verizon Communications contrariou a tendência positiva e passou de lucro para prejuízo na mesma base de comparação

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de julho de 2010 | 09h42

O lucro do McDonald's cresceu 12% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto os ganhos da Honeywell International aumentaram 4%. Verizon Communications, porém, contrariou a tendência positiva e passou de lucro para prejuízo na mesma base de comparação. 

A Verizon foi prejudicada por US$ 2,3 bilhões em despesas relacionadas com a dispensa de 11 mil empregados, que está em andamento. A empresa teve prejuízo de US$ 198 milhões (US$ 0,07 por ação), ante lucro de US$ 1,48 bilhão (US$ 0,52 por ação) um ano antes. Excluindo itens como os custos trabalhistas, a Verizon teve lucro de US$ 0,58 por ação, ante US$ 0,63 por ação. A receita caiu 0,3%, a US$ 26,77 bilhões. Os analistas ouvidos pela Thomson Reuters previam ganho de US$ 0,56 por ação e receita de US$ 27,11 bilhões.

A Verizon ganhou mais 1,4 milhão de assinantes nos serviços wireless durante o segundo trimestre, um crescimento menor do que o de 1,6 milhão de assinantes que a concorrente AT&T anunciou ontem. No mesmo período de 2009, a Verizon havia registrado 1,1 milhão de novos assinantes. A base total de assinantes da empresa agora é de 92,1 milhões, um aumento de 5% em relação a um ano antes.

Já o lucro da fabricante de motores para aviões e equipamentos de automação Honeywell subiu 4%, para US$ 468 milhões, de US$ 450 milhões. O ganho por ação ficou estável em US$ 0,60 em razão do aumento de 3,6% no total de papéis da empresa. Excluindo despesas com pensões, o lucro subiu para US$ 0,78 por ação, de US$ 0,63 por ação. A receita cresceu 7,9%, para US$ 8,16 milhões.

Os números superaram as estimativas dos analistas ouvidos pela Thomson Reuters, que eram de ganho de US$ 0,57 por ação e receita de US$ 8 bilhões. A Honeywell elevou suas projeções para este ano a ganhos entre US$ 2,40 e US$ 2,50 por ação e receita entre US$ 32,4 bilhões e US$ 32,9 bilhões, ante a previsão anterior de ganhos de US$ 2,30 a US$ 2,45 por ação e receita de US$ 31,9 bilhões a US$ 32,3 bilhões.

O McDonald's, por sua vez, registrou alta de 12% no lucro no segundo trimestre deste ano, quando suas vendas globais aumentaram 4,8% no conceito mesmas lojas. Os ganhos subiram para US$ 1,23 bilhão (US$ 1,13 por ação), de US$ 1,09 bilhão (US$ 0,98 por ação), enquanto a receita aumentou 5%, para US$ 5,95 bilhões. Os resultados vieram praticamente em linha com as projeções dos analistas de lucro de US$ 1,12 por ação e receita de US$ 5,91 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.