MDIC: reunião sobre trigo na Argentina foi inconclusiva

A assessoria de imprensa do Ministério do Desenvolvimento informou que foi inconclusiva a reunião que ocorreu nesta tarde em Buenos Aires com representantes dos governos e setores privados do Brasil e Argentina para discutir a reabertura dos registros de exportação do trigo argentino para o Brasil. Segundo o Ministério, o assunto será retomado em uma reunião bilateral no início de maio em Brasília. Os governos dos dois países devem se retirar da discussão para abrir espaço para uma agenda de entendimentos entre os empresários. A Argentina proibiu a exportação de trigo em dezembro do ano passado. Para compensar a falta de fornecimento do produto, o Brasil zerou no final de janeiro a Tarifa Externa Comum (TEC) para até um milhão de toneladas de trigo importada de outros mercados. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, os moinhos brasileiros importaram apenas 100 mil toneladas. A redução da TEC vale até 30 de julho de 2008. No último dia 4 de abril, a Argentina anunciou que reabriria as exportações em até 4,5 milhões de toneladas de trigo, mas adiou a medida para até que seja negociado um acordo com os produtores de trigo, que têm feito manifestações contra o aumento do Imposto de Importação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.