bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Média de concessão de crédito cai 1,4% em agosto

Nos 13 primeiros dias úteis de agosto (até o dia 17), a média diária de concessões de crédito livre recuou 1,4% na comparação com mesmo número de dias úteis de julho. Para pessoa física, houve queda de 3% na média de concessões. Para as empresas, o recuo foi de 0,2% na mesma comparação. O chefe do departamento econômico do Banco Central, Tulio Maciel, informou ainda que estoque de crédito livre cresceu 1% em agosto até dia 17, com expansão de 1,1% na pessoa física e de 0,9% na jurídica.

EDUARDO CUCOLO E CELIA FROUFE, Agencia Estado

30 de agosto de 2012 | 12h54

Já a taxa média de juros do crédito livre para pessoa física voltou a subir no período, de 36,2% no fechamento de julho para 37% no dado parcial até o dia 17 de agosto. Essa variação de 0,8 ponto porcentual foi puxada pela alta do spread bancário, que subiu 0,7 ponto porcentual na mesma comparação.

Para a pessoa jurídica, os juros caíram de 23,6% no fechamento de julho para 22,9% no dado parcial. Se fechar neste patamar, o juro do crédito livre para empresas estará no piso da série histórica, os mesmos 22,9% alcançados em dezembro de 2000. Neste caso, o spread bancário recuou 0,7 ponto porcentual na comparação entre o fim de julho e o dado parcial de agosto.

Com os comportamentos opostos no crédito livre para pessoas físicas e jurídicas, não houve alteração na taxa média de juros e no spread bancário na parcial de agosto: se mantém em 30,7%. O spread médio ficou em 23 pontos porcentuais.

Tudo o que sabemos sobre:
bccréditoagostomédia diária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.