Média de importações cai 8,1% na 4ª semana de agosto

A média das importações caiu 8,1% na quarta semana de agosto na comparação com até a terceira semana do mês, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). A queda, segundo o governo, é explicada, principalmente, pela redução nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, aparelhos eletroeletrônicos, veículos automóveis e partes, químicos orgânicos/inorgânicos e adubos e fertilizantes.

LAÍS ALEGRETTI, Agencia Estado

26 de agosto de 2013 | 15h33

A média das exportações na quarta semana, ao contrário, ficou 8,2% acima do resultado conferido até a terceira semana. O aumento, conforme o MDIC, aconteceu nas três categorias de produtos. Os semimanufaturados cresceram 11,5%, motivados pelo aumento nas vendas de celulose, ouro em forma semimanufaturada, semimanufaturados de ferro/aço, couros e peles e alumínio em bruto. Os produtos básicos cresceram 10,6%, com maior peso do minério de ferro, petróleo em bruto, milho em grão, farelo de soja e café em bruto. O aumento dos manufaturados, de 5,6%, se deve aos aviões, açúcar refinado, motores e geradores, óleos combustíveis e óxidos/hidróxidos de alumínio.

Tudo o que sabemos sobre:
Balança comercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.