Média de importações e exportações cai mais de 20% no ano

Saldo da balança no ano é 16% maior, mas resultado foi obtido graças à queda mais forte de importações

Luiz Raatz, do estadao.com.br,

15 de junho de 2009 | 11h37

A balança comercial brasileira registrou, na segunda semana de junho (8 a 14), um superávit de US$ 737  milhões. De janeiro até a segunda semana de junho o superávit chega a US$ 11,3 bilhões - total é 16% maior em relação ao mesmo período do ano passado, quando o saldo positivo somava US$ 9,7 bilhões. Apesar disso, no período, a média diária exportada, em 110 dias úteis, chega a US$ 559,3 milhões, o que representa uma queda de 22,4% em relação ao desempenho médio diário das exportações no mesmo período de 2008 (US$ 720,9 milhões). As importações registram média diária de US$ 456,4 milhões no período, o que significa uma queda de 28% em relação à média verificada no mesmo período do ano passado (US$ 634 milhões).

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

 

Na segunda semana de junho, as exportações somaram US$ 2,508 bilhões, com média diária de US$ 627 milhões. As importações totalizaram US$ 1,771 bilhão, com média diária de US$ 442,8 milhões.

Os dados foram divulgados há pouco pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que disponibilizará, às 15h, informações detalhadas sobre o comportamento das exportações e importações na segunda semana de junho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.