Medidas cambiais saem até quinta, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou há pouco que o pacote cambial será mesmo anunciado na quarta-feira, ou no máximo até quinta-feira. "Quando eu viajei, deixei as instruções de que o pacote esteja pronto até minha volta, e por telefone já definimos os detalhes. Amanhã, quando eu chegar a Brasília, se estiver tudo redondo, (o pacote) será anunciado na quarta-feira. Se não, no máximo até quinta-feira", explicou o ministro.O fato é que a principal medida do pacote cambial é permitir que exportadores mantenham seus dólares no exterior, para pagar despesas em moedas estrangeiras. Hoje, o dólar tem de ser trazido para o País e depois reenviado ao exterior. Essa regra é chamada cobertura cambial. Contudo, se a cobertura cambial acabar, haverá redução da CPMF, que é cobrada quando o dólar entra e quando ele sai do País. A perda estimada é de R$ 200 milhões. Mantega confirmou, entretanto, que a forma para manter a CPMF nas exportações "já está equacionada".Sobre o crescimento da dívida mobiliária - dívida em títulos -, resultado divulgado hoje no Brasil, Mantega disse que acha "normal", e que a mesma deverá continuar oscilando. "O que é importante é a relação entre dívida e PIB, que está caindo, o que mostra que a dívida está equilibrada", argumentou o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.