bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Medidas para tarifas bancárias saem em novembro, diz BC

Segundo diretor do Banco Cetral, regulamentação será aprovada na reunião do mês que vem do CMN

Adriana Fernandes e Renata Veríssimo, da Agência Estado,

25 de outubro de 2007 | 14h50

O diretor de Normas do Banco Central, Alexandre Tombini, informou nesta quinta-feira, 25, que o governo vai baixar em novembro a regulamentação das tarifas cobradas pelos bancos aos seus clientes. Segundo ele, a regulamentação será aprovada na reunião do mês que vem do Conselho Monetário Nacional (CMN). "Os estudos estão avançados", disse Tombini. Veja também: Comparação de tarifas bancárias O diretor negou que tenha atraso na adoção das medidas. Segundo ele, a maior parte da regulamentação em estudo será adotada em novembro. "Se não sair tudo em novembro, fica apenas um rescaldo", disse. O diretor evitou fazer qualquer associação dessas medidas à insatisfação manifestada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, com o fato de os bancos terem aumentado os juros cobrados aos seus clientes depois da interrupção do processo de queda da taxa básica do País, a Selic, pelo Comitê de Política Monetária. "Estamos trabalhando, independentemente de qualquer outra consideração, num conjunto de medidas para tarifas bancárias", limitou-se a afirmar.

Tudo o que sabemos sobre:
Tarifas bancárias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.