Medidas para tarifas bancárias saem em novembro, diz BC

Segundo diretor do Banco Cetral, regulamentação será aprovada na reunião do mês que vem do CMN

Adriana Fernandes e Renata Veríssimo, da Agência Estado,

25 de outubro de 2007 | 14h50

O diretor de Normas do Banco Central, Alexandre Tombini, informou nesta quinta-feira, 25, que o governo vai baixar em novembro a regulamentação das tarifas cobradas pelos bancos aos seus clientes. Segundo ele, a regulamentação será aprovada na reunião do mês que vem do Conselho Monetário Nacional (CMN). "Os estudos estão avançados", disse Tombini. Veja também: Comparação de tarifas bancárias O diretor negou que tenha atraso na adoção das medidas. Segundo ele, a maior parte da regulamentação em estudo será adotada em novembro. "Se não sair tudo em novembro, fica apenas um rescaldo", disse. O diretor evitou fazer qualquer associação dessas medidas à insatisfação manifestada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, com o fato de os bancos terem aumentado os juros cobrados aos seus clientes depois da interrupção do processo de queda da taxa básica do País, a Selic, pelo Comitê de Política Monetária. "Estamos trabalhando, independentemente de qualquer outra consideração, num conjunto de medidas para tarifas bancárias", limitou-se a afirmar.

Tudo o que sabemos sobre:
Tarifas bancárias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.