Mediobanca cancela 1 bi de euros em bônus com garantia estatal

O banco italiano Mediobanca disse nesta sexta-feira que iria cancelar 1 bilhão de euros (1,4 bilhão de dólares) em bônus com garantia estatal que havia emitido no auge da crise da zona do euro, em mais um sinal de que a situação de financiamento dos bancos italianos está melhorando.

Reuters

23 de maio de 2014 | 09h04

No pico da crise, o governo da Itália se ofereceu para garantir os bônus de bancos para que os credores pudessem usá-los como lastro para tomar recursos emprestados do Banco Central Europeu em dois leilões extraordinários para aumentar a liquidez no final de 2011 e começo de 2012.

Com a diminuição das tensões de mercado, os bancos italianos têm voltado a tomar empréstimos de investidores internacionais e têm pago os recursos do BCE à frente do vencimento das duas operações de três anos.

O UniCredit, maior banco da Itália, disse nesta semana que tinha cancelado bônus com garantia estatal similares, no valor de 10,1 bilhões de euros.

(Por Lisa Jucca)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSMEDIOBANCABONUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.