Megaevento une empreendedorismo e show business

bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Conteúdo Patrocinado

Megaevento une empreendedorismo e show business

Terceira edição do Ebulição terá participação de Richard Branson, fundador do Grupo Virgin

Ebulição, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

13 de novembro de 2019 | 15h29

Passar três dias imerso em uma programação inspiradora e  com muitas oportunidades para reforçar a rede de contatos – tudo isso a um custo acessível, que pode ser parcelado em até 12 vezes.

Este é o irresistível pacote oferecido a empreendedores, executivos, profissionais liberais e influencers pelo Ebulição, megaevento cuja terceira edição acontecerá entre os dias 22 e 24 de novembro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

A atração principal é a palestra do inglês Richard Branson, 69 anos, ícone da fusão entre empreendorismo e show business. Líder de mais de 400 negócios reunidos em torno do Grupo Virgin, que iniciou suas atividades no ramo da música e hoje atua até em viagens aeroespaciais, Branson participa de poucos eventos como esse ao longo do ano.

Conquista pessoal

 “Estou muito feliz, pois a vinda dele não é apenas uma grande conquista para o evento, mas a realização de um sonho pessoal”, diz o criador do Ebulição, Rafa Prado, 30 anos.

Rafa conta que o primeiro livro de empreendedorismo que leu, aos 17 anos, foi a autobiografia de Branson, em que ele relata todas as dificuldades que precisou superar – a começar pela dislexia que o fez desistir da escola aos 16 anos.

 “Foi uma leitura muito importante para que eu percebesse que os limites, na verdade, somos nós mesmos que criamos, por conta da educação que recebemos e de uma série de crenças que precisamos abandonar”, diz Rafa.

Ele próprio é protagonista de uma impressionante história de conquistas: saiu de uma família simples de Mauá (SP) para, em poucos anos, tornar-se respeitado no meio empresarial, a ponto de organizar um evento de tão grande porte. Nesse meio tempo, precisou superar as turbulências causadas pela descoberta de uma doença ocular grave, que o levou a realizar transplantes de córneas nos dois olhos.

Networking único

Entre os demais convidados do Ebulição estão os americanos Tai Lopez e Perry Belcher, reconhecidos estrategistas de mídias sociais, e o investidor Winston Ling, nascido no Brasil e radicado em Hong Kong – foi ele quem apresentou Paulo Guedes a Jair Bolsonaro.

O time de palestrantes conta ainda, em meio a outros nomes de destaque, com o empreendedor bilionário Carlos Wizard Martins, o economista Ricardo Amorim, o especialista em gestão de tempo Christian Barbosa e a CEO da Lacoste no país, Rachel Maia.

Além de insights para ajudar os participantes a tomar atitudes para aumentar imediatamente o faturamento de seus negócios, outra grande motivação do Ebulição é facilitar o contato entre pessoas que provavelmente não teriam outra oportunidade de se conhecer.

“A rede de contatos tem importância vital num cenário como o de hoje, em que a confiança se tornou o primeiro requisito para a decisão de estabelecer parcerias e fazer negócios”, diz Rafa.

Um bom exemplo é o próprio processo de aproximação com Branson. O intermediário da conversa foi um amigo em comum, Kevin Harrington, criador do conceito de infomercial (utilizado no Brasil pelo Polishop) e “tubarão” original do célebre programa de TV Shark Tank, convidado das edições anteriores do Ebulição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.